Descolamento de Retina

deslocamento-retinaA retina é uma fina estrutura de tecido nervoso que reveste a parte interna do olho. Quando parte ou a totalidade da retina se desprende da parte posterior do olho, há o descolamento da retina.
Descolamento da retina geralmente começa quando o gel vítreo, um gel espesso que se encontra dentro do olho, encolhe e separa-se da retina em um processo que pode ser natural do envelhecimento, bem como decorrente de traumatismos ou de predisposição genética. Por vezes, a retina pode se rasgar, causando um descolamento. O rasgo permite que o fluido de dentro do olho entre por detrás da retina, fazendo com que ela se descole das demais estruturas intraoculares.
Outros fatores que podem levar ao descolamento da retina são um ferimento no olho ou na cabeça, miopia, doença ocular e condições tais como diabetes.

Causas

Rasgos ou furos na retina

Quando a retina fura ou rasga, se o gel vítreo estiver liquefeito, o líquido pode entra por detrás da retina. Um traumatismo craniano ou ocular, bem como outras doenças do olho, podem também causar fissuras ou buracos na retina.

Tração na retina

Algum tipo de tração sobre a retina pode repuxá-la para longe das camadas abaixo dela, resultando em descolamento. A causa mais comum para este problema é a retinopatia diabética proliferativa, uma condição que conduz ao crescimento de tecido cicatricial, que pode atuar sobre a retina.

Acúmulo de líquido sob a retina

Uma inflamação ou doença na retina pode fazer com que o vítreo se acumule abaixo da retina (coróide), nos vasos sanguíneos ou em tecidos do olho. Esse acúmulo de fluido faz com que as camadas da retina se separarem, o que resulta no descolamento da retina.

Sintomas de descolamento de retina

  • Moscas volantes em seu campo de visão. Elas muitas vezes aparecem como manchas escuras, bolhas, cordas, ou pontos na visão
  • Flashes de luz ou faíscas quando você move seus olhos ou a cabeça, que são mais fáceis de ver num fundo escuro.
  • Um efeito de sombra ou cortina em parte do seu campo visual que não vai embora
  • Perda súbita da visão ou piora da visão.
O descolamento de retina é uma situação de emergência, uma vez que você pode perder definitivamente a sua visão em decorrência estre problema. Dessa forma, é importante procurar atendimento médico se você notar qualquer um dos sintomas.

Tratamento de Descolamento de retina

Criopexia

Nesse processo, o cirurgião aplica uma sonda de congelamento na superfície externa do olho diretamente sobre o defeito da retina. Dessa forma, a área em torno do orifício é congelada, o que resulta numa cicatriz que ajuda a proteger a retina.

Retinopexia pneumática

Neste procedimento, o médico injeta uma bolha de ar ou gás no vítreo. Esse gás irá obstruir o buraco da retina impedindo a passagem de líquido. Dessa forma, a retina coloca-se novamente em seu lugar, na parede do fundo do olho.

Retinopexia com introflexão escleral

Nesse caso, coloca-se uma faixa ou banda de silicone ao redor dos olhos, para que a esclera (porção branca do olho) seja pressionada em direção à retina. Geralmente, esse procedimento é feito junto com criopexia ou vitrectomia, se for necessário colar uma ruptura da retina.

Laser

O médico dirige um feixe de laser para a ruptura da retina. O laser faz queimaduras em torno do rasgo, criando cicatrizes que funcionam como uma “solda” na da retina para o tecido subjacente.

Vitrectomia

Neste procedimento o médico remove o vítreo juntamente com qualquer tecido que está puxando a retina. Ar, gases ou líquidos são injetados no espaço vítreo para recolocar a retina no lugar.